Segundo o Big Bad Aurélio Daddy: Falácia s.f. Engano, ilusão, sofisma. / Filosofia. Argumento capcioso que induz a erro.

Rotineiramente somos bombardeados por raciocínios mal concluídos e argumentos esquisitos que fazem a lógica agonizar de dor. Muitas vezes não é proposital — mas muitas vezes, sim. As falácias podem ser facilmente encontradas em discursos políticos, religiosos, científicos e no Orkut.

Meu intento era disponibilizar um guia rápido de falácias que fosse fácil de memorizar e não lhe deixasse mais ser enganado facilmente. Obviamente que se eu escrevesse uma parede textual contra um fundo branco, você se recordaria de cada item tanto quanto se lembra do antepenúltimo quadro de sudoku que você não resolveu.

Então — você deve estar se perguntando — qual é a melhor maneira de desfilar as falácias e fazer com que todos se lembrem facilmente? Oras, cartas de Magic! As figurinhas, no geral, servem muito bem para esse propósito. Quem aí já colecionou as figurinhas do saudoso chocolate Surpresa e não é capaz de citar o nome popular e científico de todos os dinossauros e animais do Cerrado que já teve na infância?

Portanto, este catálogo ilustrado servirá para que você preste atenção e interprete mais criticamente os discursos a sua volta; serve também para você medir suas próprias palavras. Eu mesmo já devo ter usado umas 10^6 falácias em toda minha vida.

A lista de itens é extensa, portanto este é o alvorecer de uma série que lhe agraciará com dois personagens por tirinha (quinzenalmente ou mensalmente, dependerá do meu humor). Puxa vida, acho que mereço um chocolate Surpresa agora.